quarta-feira, 30 de junho de 2010

a festa dos pescadores de Santa Cruz Cabrália

Venerado pelos pescadores, São Pedro recebe homenagens no dia 29 de junho. Em Santa Cruz Cabrália, como em muitas cidades litorâneas, a tradição é promover uma procissão marítima. Este ano, resolvemos participar da procissão no barco do Cláudio, o Bacana, e chamamos alguns amigos, inclusive o Stefano Arosio que, na verdade, está mais para pecador que para pescador.. 
Foi um programa divertido!  Curtimos observar a decoração dos outros  barcos e passear no João de Tiba em ocasião tão especial... Gostei especialmente do astral do  barco "Horas Vagas", do Jocasta II , que é de gente de Santo André e da apinhada  tripulação do "Lázaro II" 
Outro barco de Santo André que  participou da passeata foi o "Polo Aquatico" , do Elielto, pilotado pelo irmão dele, o Paulo.  Ganharam o terceiro lugar na competição dos barcos mais bem decorados. Nós ficamos em quarto lugar e  ganhamos um liquidifador como  prêmio. 
Já em Santa Cruz Cabrália, depois da travessia do rio e passeata até a foz,  ficamos para participar da festa popular que contou com a presença dos marinheiros (de todas as idades) devidamente uniformizados  
Nossa equipe também foi "uniformizada" com as camisetas de tripulação do  Bacana. Já combinamos de fazer uma decoração especial no próximo ano. Queremos trazer o primeiro lugar para Santo André...

sábado, 26 de junho de 2010

Alícia em Mallorca

 Uma contribuição de Alicia Choutchourrou, no tema viagens. Ela é argentina, morou muitos anos na França e vem -- qualquer hora destas -- morar de vez em Santo André da Bahia, não é, Alícia? Pretende abrir um local para servir comidinhas gostosas e drinques especiais.
-------------
"Amiga: como lhe prometi, envio-lhe algumas fotos de minhas viagens pela Europa
Cada vez que havia um final de semana mais longo, eu costumava dar uma escapada até Mallorca para visitar amigos e desfrutar da paisagem maravilhosa no Mediterrâneo.
Esta ilha tem muito encanto para mim, em primeiro lugar pelo cheiro das árvores, principalmente pinheiros e limoeiros, depois pelo bucólico do lugar, suas velhas pedras e caminhos que percorri de norte a sul, de leste a oeste. Recomendo a todos o ponto alto da ilha, o DENIA, um anfiteatro com vista para o mar, tudo com um refinamento sublime,  tanto a paisagem como  a arquitetura.  Perto de Palma tem SOLLER, um lugar suspenso no tempo e ainda SANTANY, a cidade que na idade média guardava a maior quantidade de ouro da ilha com um mercado que te faz vibrar os sentidos. Adoro esta ilha!"

João Capador faz oitenta e oito

A  chuva forte e contínua não conseguiu atrapalhar a festa de 88 anos de Seu João, no dia 24 de junho. Foi comemorado com um grande almoço para a família, os parentes, os amigos: churrasco, cerveja e animação. Maninha estava tão serelepe que tomava vinho em duas taças e o aniversariante ria muito, contando os causos e as histórias de Santo André. Leni, Marineide e Elsa organizaram e prepararam as comemorações. A foto de Leni com Patrícia é especial para Nerina e Jorge que no momento estão na Ilha de Elba. Para relembrar  o seu cantinho em Santo André, viu?
Esta menininha veio de Salvador para a festa do Seu João. É filha da sobrinha dele.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

chegou mensagem do Rafael

O Rede Furada recebeu uma mensagem bacana de um dos nossos menestréis, o Rafael Matos, que cantava e tocava violão no Aldeia Tangerina e outros locais de Santo André. Rafael foi estudar música e canto em Belo Horizonte, mas promete voltar no próximo verão para fazer vibrar a voz e os corações. 
----------------- 
"Olá Olimpia!Quanto tempo!Como você está?
Espero que tudo em paz.
Estou passando por aqui pra dizer pra você que acompanho seu blog e que a cada dia que passeio por ele e vejo fotos de Santo André,do pessoal,do vilarejo que sempre reflete junto ao sol um belo espelho de rio-mar, me aperta a saudade da minha terra por onde escrevi história,versos e canções.
Estou agora aqui em BH - MG,onde vim em busca do meu sonho de MAESTRIA MUSICAL mergulhando em muito estudo na UFMG e tecendo meu trabalho autoral com melodias que sopram desse mar de montanhas mineiras. Sinto-me feliz por estar caminhando nessa vida musical daqui, de muito aprendizado, participando de belas rodas de chorinho,compondo canções,soltando a voz pela estrada e levando a música como fonte principal de abastecimento do ser.
Agora posso contar também sobre mais uma novidade..rsrs...Estou em contato com o Marcello argentino,pois estou com a idéia de fazer um projeto musical de verão com as crianças e jovens de Stº André(de repente oficina de música,intensivo) podendo passar um pouco do que aprendi aqui nesse curso que estou fazendo de música.Essa é uma idéia que ainda estou pondo em papel mas que quero solidificar aí.
Chegarei aí em Stº André na primeira semana de janeiro de 2011 com muita música,alegria e boas vibrações.
Agora me despeço te desejando uma ótima noite de descanso e sempre boas vibrações musicais a todo o povoado.
Rafael Matos"
---------
Rafael, obrigada por sua cartinha. Estamos aguardando você no verão.

bolsa de crocodilo


Um empresário brasileiro (Sérgio Alambert) comprou terras em Mato Grosso e lá construiu galpões para abrigar sua criação de jacarés. Ele conseguiu licença do governo federal para criar e abater 40 mil répteis. Paga 1 real aos pantaneiros por cada filhote capturado e pretende vender a pele do animal adulto por 500 dólares.
Qual será o preço da bolsa?


uma pergunta para Santa Cruz Cabrália

O Sr. Jorge Pontes foi cassado pela Câmara Legislativa por motivos até agora não inteiramente esclarecidos. A acusação é de corrupção, mas nada foi comprovado. Várias pessoas moradoras ou habituês de Santo André têm enviado mensagens perguntando sobre a situação política. Infelizmente, não sei responder, até porque o foco deste blog é na rede social que permeia o povoado e se ramifica por outras regiões do Brasil e do exterior. O blog também gosta de cultura e de entretenimento.  Enviei uma mensagem indagativa para o ex-prefeito e recebi esta resposta, de algum assessor, imagino,  na qual estão alinhados os argumentos da defesa:
---------------
"A verdade sobre o que está acontecendo em Cabrália
O município de Santa Cruz Cabrália vive nestes últimos dias circunstância similar a vivida por todas as administrações públicas brasileiras no período conhecido como Ditadura Militar.
Naquele período, a democracia, ameaçada pela força da ditadura, colocava os cargos eletivos em situação de fragilidade. Desconsiderava-se o resultado das urnas e apelava-se para fatos manipulados para derrubar governos e impor novos administradores de acordo com o interesse dos golpistas.
Tenho acompanhado de perto o desenrolar dos fatos naquele município e percebo uma tentativa orquestrada de fragilizar o governo atual e impor a vontade de um grupo político que teve por muito tempo o poder local e agora, insatisfeito pelo tempo de jejum, procura se aliar a outros grupos políticos para promover sua vontade. 

terça-feira, 22 de junho de 2010

chegou mensagem do neto

"Sabe, nonna, nestes últimos dias estive viajando com meus pais
foi tudo divertido, gostoso e cheio de cultura, mas...o que eu queria mesmo, vovó...
era entrar pra capoeira..."

o nacionalismo de Fernando Savater

Nesses dias de nacionalismo futebolístico lembrei deste pequeno texto do escritor espanhol Fernando Savater pertinente para tempos de copa do mundo.
-------
"Decididamente. Sou absolutamente anti-nacionalista, contra todos os nacionalismos, começando no espanhol e terminando no chinês. Há um escritor basco, Pio Arroja, que diz que o nacionalismo é uma doença que se cura viajando. O que eu quis dizer com essa frase é um pouco o mesmo. Quando viajas, quando tens que cruzar as tuas fronteiras, deixar o teu lugar, o teu país, e se tens uma certa sensibilidade, dás-te conta que na maioria dos casos a ideia de nacionalismo é absurda. Os seres humanos foram feitos para se misturarem uns com os outros. As pessoas que viajam muito dão-se conta do parecido que são os seres humanos e os seus problemas em toda a parte do mundo. Creio que isso sim é que é a verdadeira lição para uma pessoa nacionalista. Um ser humano pode viver em qualquer sítio, sempre que esteja rodeado de outros seres humanos capazes de o compreender e de o ajudar."
--------
ilustração de Blanca Gomes

segunda-feira, 21 de junho de 2010

futebol: Brasil e Costa do Marfim

A torcida cresce, a cada jogo
as crianças se vestem de canarinho
a turma do fundão (Léo no Rede)
o ambiente gostoso da pizzaria
alguns argentinos apreensivos com a possibilidade da final do campeonato ser entre nosotros...

visita ao Gaili

Uma das pousadas de charme de Santo André, bem em frente ao braço de mar que se mistura com o rio João de Tiba. Vista lindíssima.
A pousada é da Márcia, uma portuguesa criada no Rio de Janeiro. Veio para cá logo no início da "descoberta" de Santo André, quando os moradores eram escassos e a mata, espessa.
Fomos para pegar as cadeiras que a Márcia doou para o Cine Cajueiro (obrigada!). Cláudio gostou do olhar indagativo do passarinho.
Chegou o Jorge, um amigo de Cláudio que veio visitar-nos e conhecer a praia de Santo André . Os dois se conhecem de longa data, desde a época da militância da década de 60 quando eram presos políticos na mesma prisão.

sábado, 19 de junho de 2010

Lola e Daniela França Pinto


Recebi um email da Lola com este recado

"UAU, o máximo!!!! Minha irmã, Daniela, foi indicada para Chef do Ano. Os jurados a indicaram, agora a gente tem que votar nela no site:
GWGASTRONOMIA.COM.BR Daniela França Pinto - Chef do Lola Bistrot em SP
Valeu, beijo!
Lola"
--------
A Daniela visita a irmã que mora aqui no povoado pelo menos uma vez por ano. Votei nela consciente porque conheço os restaurantes dela, o Lola e o Anita, em São Paulo. Para contar mais sobre a Daniela -- uma das chefs paulistas que têm um pé em Santo André (a outra é a Ana Massochi do Martin Fierro e La Frontera) -- trouxe um texto do site www.vamoscozinhar.com)
----------
"Daniela França Pinto é sócia ativa em dois restaurantes que se destacam na cena gastronômica de São Paulo, o prestigiado Lola Bistrot, onde além de tudo comanda a cozinha e o Anita, outro sucesso. Seu dia começa muito cedo. Daniela não abre mão de participar de cada momento dos filhos, um “príncipe” adolescente o Luca e uma garotinha encantadora, a Luzia. Trabalha até o início da madrugada pelo menos 4 dias por semana, administra a casa, supervisiona toda a operação do Lola com um detalhismo impressionante e como boa canceriana ainda vive criando novos projetos para concretizar vai saber lá com que tempo extra.
Mas toda essa força é temperada com o doce afeto com que tempera abundantemente seu relacionamento com pessoas e com a vida. Daniela faz comida de afeto.
A Daniela nasceu em uma casa com sete mulheres e um pai que fazia questão de estar cercado de boa comida e boas pessoas. Todos os sábados na casa de infância da Daniela a família França Pinto recebia em torno de 40 convidados para almoçar! Tudo regado a boa conversa e cantoria partes imprescindíveis da experiência gastronômica. “ Não era almoço, era uma rave nos anos 70”, brinca Daniela. “ Me criei cozinhando e recebendo pessoas. Não sei fazer outra coisa.”, reforça.
Muito cedo demonstrou fome de empreender e quase adolescente abriu um buffet de sucesso com uma amiga, o Vivi Barros Catering. Aí não parou mais: Charlô, Capim Santo e Noyoi conheceram sua comida e personalidade. Em 2002, com um “ paitrocínio” abriu o primeiro Lola Bistrot em sociedade com o chef Luiz Emanuel. O Lola servia instintivamente uma culinária baseada na “bistronomia”, antenados com uma tendência que só agora se populariza, talvez por sua formação em escola francesa e paixão pela culinária daquele país. Sucesso relativo no início, o Lola estourou depois de uma matéria da Folha de S. Paulo que tornou público um tesouro até então conhecido por poucos."
----------
na foto das irmãs França Pinto na praia de Santo André, a Lola é a primeira da esquerda para a direita

sexta-feira, 18 de junho de 2010

o povo de Santo André da Bahia

Um jardim com árvores antigas, uma clareira no meio, uma fogueira na clareira, bandeirolas de pano, iluminação aconchegante, comida gostosa e farta, amigos, muitos amigos...
Foi assim o aniversário de Cláudia Schembri (e de Eva, amiga de Léa).
a foto está um pouco enfumaçada, mas reparem a risada da Maninha e a do Guinho
Paloma e Laurinha trocando confidências
Byron: esta foto é especial para você
noite de frio no Sant'Annas, melhor ficar na parte de dentro
um árabe misterioso na noite do povoado
dois personagens locais, nas ruelas arborizadas da VilaSeu Capador, Vera Zippin, Ana Teresa e o Lucas em momento de risadas

quarta-feira, 16 de junho de 2010

copa do mundo 2010

santo andré da bahia respira futebol - meus vizinhos, os futuros craques praticam o esporte na rua (repare a pose do goleiro)
a brasileira Joyce e o argentino Carlos convidaram o telão do Cine Cajueiro para projetar as partidas da copa na pizzaria Estrela - estão dando um exemplo edificante em termos de tolerância futebolística, com as bandeiras argentina e brasileira colocadas juntas... (até quando isto vai durar?)
a torcida começou tímida no jogo da Itália com o Paraguai
para explodir no jogo do Brasil com a Coréia do Norte (esse senhor de suéter escuro é o Fridão, o novo morador da Vila)
o entusiasmo era contagiante: depois da vitória do Brasil rolou uma festa na pizzaria, dançamos e bebemos um bocado, depois continuamos a farra num forró animado no Cabana Nativa... foi uma noite e tanto!
a bandeira da Alemanha estava com as cores trocadas, mas a Wally arrumou tesoura e linha e se encarregou de consertar
--------
paralelamente, corria a notícia da cassação do prefeito Jorge Pontes, pela Câmara Legislativa de Santa Cruz Cabrália, por 6 a 3

mamãe de visual novo


Não bastasse meu filho ter me surpreendido com uma Fênix portentosa desenhada à base de agulha e tinta azul no bíceps, minha filha e meu genro enviaram um email intitulado surprise surprise contando que fizeram novas tattoos em Amsterdam, onde passaram alguns dias, recentemente.
Ah é? Bem, eu também gostaria de avisar pra vocês todos que tatuei meu braço esquerdo inteiro, metade das costas, coloquei três piercings no umbigo e comprei roupas novas.
Surprise, surprise.

a colônia italiana se reúne em Milão

Meu amigo Albertino, (no centro, de camiseta vermelha) enviou estas fotos com parte da colônia italiana de Santo André da Bahia. Eles se dividem entre Milão e a Bahia. Olha lá, a Paloma no colo do Ângelo (faltou a Fabiana...)
Mas Albertino... quem são estas senhoras?
Que lugar bonito...como sempre, os italianos se reunem em torno de uma mesa.
Valeu, Albertino!