quarta-feira, 12 de outubro de 2011

uma casa escondida na mata

 Passeando de bicicleta ao longo da rodovia de asfalto que atravessa Santo André, parei para desfrutar um pouco da beleza quieta que envolve o local onde o Rui Costa trabalha (e mora, creio). Parece uma daquelas casinhas de floresta descritas nos contos da carochinha. Dá vontade de fazer como a "Cachinhos de Ouro" e entrar sem ser convidada, olhar a casa por dentro e ainda tomar um prato do mingau dos três ursinhos.
 Rui produz artefatos de mobília e iluminação à base de madeira, troncos, folhas, nós e cordas: olha como o portão dele é personalizado...
apesar de estar plantada em frente ao asfalto, a casa está localizada bem perto de uma das serventias que levam até a praia... não dá nem dez minutos para o pé pisar na areia...
... o melhor dela é o sombreamento das árvores antigas da vizinhança  ... porque o verão da Bahia faz suar...

repare o detalhe da orquídea... uma beleza... tudo leva a crer que Rui cuida de sua casa com esmero.... ele  aluga, inclusive...  olhe... é o tipo de casa (pequena) que eu alugaria para passar uma temporada por aqui... este ano vem gente da Itália morar lá durante boa parte do verão

4 comentários:

Anna Sanseverino disse...

Olimpia, concordo com vc !! Lugar ideal para se re-energizar!! Um abraço, até breve!!!

olimpia disse...

O redefurada saúda os visitantes
Bem-vindos!
abraço, de
olimpia

Greicy Xavier disse...

A casa é linda mesmo,cheia de detalhes feitos pelo próprio artista.

olimpia disse...

Não é o máximo, Greicy?